Dívida de cartão e cheque especial poderão ser trocados por valores menores de juros no consignado do Auxílio Brasil conforme apontou a presidenta da Caixa Econômica Federal, Daniella Marques. De acordo com a Caixa, os juros do novo programa de crédito, inserido no programa social que substituiu o antigo Bolsa Família, será de 3,5% ao mês.

A ideia da instituição financeira do Governo Federal é trazer mais alívio ao bolso dos consumidores brasileiros. O banco vai operacionalizar o crédito consignado no Auxílio Brasil substituindo dívidas mais caras por uma mais em conta a realidade das famílias dentro do país. Somente dívida de cartão e cheque especial vão entrar nesse pacote de “remodelagem financeira”.

Ainda de acordo com Daniella, a medida visa conscientizar a todos sobre como controlar as finanças e trazer melhores oportunidades na hora de pagar e ficar livre do dito “nome sujo” e sair do “vermelho” ma hora de comprar.

Dívida de cartão e cheque tende a cair assim como o GLP

A Petrobras está reduzindo os valores do gás de cozinha ou GLP. Ficou combinado que o valor cairá de R$ 4,0265 para R$ 3,7842, equivalente a R$ 49,19 por botijão de 13kg. A redução média será de R$ 3,15 por 13kg. Em nota, a Petrobras destacou a importância em reduzir os valores de maneira coerente. “que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio”, explicou.

Auxílios Caminhoneiro e Taxista

De acordo com o secretário de Previdência do Ministério do Trabalho e Previdência, André Veras, já está valendo nesta segunda-feira (10) de outubro os auxílios Caminhoneiro e Taxista. Desde o último dia 24 de setembro já foram pagos mais de 340 mil benefícios a transportadores autônomos de carga e quase 300 mil a taxistas, totalizando aportes de R$ 1 bilhão e quase R$ 900 milhões.